'' Tudo o que acontece no universo tem uma razão de ser; um objetivo. Nós como seres humanos, temos uma só lição na vida: seguir em frente e ter a certeza de que apesar de as vezes estar no escuro, o sol vai voltar a brilhar. '' ( Dulce Maria )

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Please don't leave me.

Era como um céu sem estrelas, onde não se tinha nada, quando para o céu se olhava, apenas um breu, escuridão, um vazio, e lá ao longe um pequeno brilho, uma luzinha, tão pequena tal estrela, que diferença alguma fazia na noite, era como se ela nem existisse... Mas todas as noites ao dormir, para cima se olhava e nela se reparava, mas assim os dias passavam, a vida continuava vazia e sem graça, sempre e sempre se reparando naquela unica e pequena estrela, cada vez mais, aos poucos se tornando tão importante e insubstituivel para aquele céu. Em um dia, como em um piscar de olhos, a tão falada estrela tomou conta de um céu inteiro, tudo tão rápido, assim ela chamava a minha atenção e eu passava as noites admirando-a. Agora enquanto estou longe, é como se as noites fossem dias, buscando um mínimo vestígio dela no céu, e em outras jamais e nunca mais encontrando tamanho amor, cuidado e preocupação que nela eu tenho. E meus dias junto, se transformam em noites, noites perfeitas, iluminadas e que me trazem apenas alegria. Só de pensar em perde-la por um segundo, faz com que eu me sinta responsável em afastar qualquer risco e perigo que possa fazer com que a luz dela se apague. Quero para sempre você estrela perfeita, junto de mim, apenas no meu céu.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Palavras machucam mais do que qualquer outra coisa.

Em um dia como qualquer outro, pensando que vai ser um dia apenas de sorriso, ele diz algo que faz com que ela se decepcione, que a faça sofrer, sabe qual é a reação dela diante disso? Ela dá uma risadinha e finge não se importar, continua conversando normalmente sem nada demonstrar. Ao chegar em sua casa, ela desaba em sua cama e chora, porque aquelas pequenas palavras a machucaram. Então no dia seguinte;
Ele: Tudo bem?
Ela: Sim ótima, e você?
Ele: Também.. acho que você tem algo de errado.
Ela: (Rindo) Você está louco? Eu estou super bem, é coisa da sua cabeça.
E leva mais um dia, como se sua vida fosse perfeita e ela fosse a pessoa mais feliz do mundo.

É como se tivessem me tirado o chão.

Não tenho mais o meu unico apoio, tomamos caminhos diferentes, o que mais me dói era saber que antes meu caminho era o seu também. Não quero que pensem que sofro, que saibam que estou sofrendo, não quero que ninguém se preocupe comigo, mas se não se preocuparem pensarei que não se importam, quando me perguntarem se estou bem, direi que sim, mas se olharem bem em meus olhos vão ver uma mentira, a maior mentira do mundo, estampada claramente dentro de mim, e se me perguntarem o que tenho, insistirei e farei acreditarem que não é nada, eu sei que posso levar isso sozinha, sem ocupar o tempo de ninguém. Toda a frieza que havia sumido, que eu tinha deixado de lado, voltou agora, aquela pessoa que não olha nos olhos voltou, que sofre sozinha sem falar pra ninguém voltou, que deixa tudo ir se acumulando pra uma hora explodir voltou, havia mudado e ninguém se quer notou, porque foi pra melhor, agora voltando a ser eu novamente.. não estou reclamando, sempre foi melhor assim. Alguns pensam que é melhor porque se sofre menos, mas talvez seja o dobro do que o de qualquer outra pessoa, porque quando se fecham as portas, e me encontro sozinha sem ninguém ao redor, mil pensamentos tomam conta da minha mente, e flashes de momentos e palavras, assim eu me pego chorando sem ao menos perceber, e acordo no outro dia fingindo que nada aconteceu e demonstrando meu sorriso e minha alegria eterna para todos, se sofre mais quando se sofre sozinha. Eu sou só uma casca, que se você encostar e fizer um pouco de pressão, vai machucar, mas você nem se quer vai perceber, mas ai, sem ninguém ver, eu ficarei em pedaços. Reconstruindo minha casca falsamente a cada novo dia que surge, mantendo minha imagem de pessoa forte pra todo mundo, pra ver se nem tentam fazer com que eu sofra, pensando que não vai adiantar, pois sou imune a qualquer tipo de sofrimento. Eu sou como todo mundo, de carne, osso e coração.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Lucas Silveira.

Parabéns! Você merece tudo de melhor hoje e sempre, mais que o dobro de reconhecimento pelo seu trabalho. Eu te desejo coisa simples, coisas que todos que lhe admiram, que são seus fãs, com certeza te desejam, porque sabemos o que você merece. Tua voz tem total importância para mim, teu sorriso também, então espero que sua voz ainda traga, por meio de conquistas, muitos sorrisos belos em seu rosto, nunca deixe que algo tire sua alegria de viver, que tire o sorriso que existe em seu rosto, que mude esse seu jeito de brincar com tudo, porque assim, a "esperança"de muita gente seria levada embora, outros sorrisos seriam apagados juntos com o teu, pois você é motivo de alegria de muita gente, aqueles que comemoram e choram de emoção com suas conquistas, e que choram de tristeza quando por apuros passar. Pessoas que se preocupam tanto, e dariam a vida por alguém que nem sabe da existência desse ser no mundo, isso é ser fã, torcer, vibrar junto, mesmo longe e sem contato. Me encaixo em muitas das letras de suas músicas, parece que você me conhece faz anos, e fez especialmente para mim, decifrando sentimentos em que eu não encontro palavras para explicar, que cantadas por você em seu show, me proporcionam uma sensação indescritível, só estando lá para saber. Boa foi a sensação de quando minha mão tocou a tua, consegui ter certeza de que era real, carne e osso, e algumas pequenas e breves palavras foram trocadas, não me esqueço do seu lindo sorriso como agradecimento, contagiante.  Seu sorriso és o meu também!

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Happy Birthday Bruna.

Um dia, uma semana, um mês, um ano, um século podem passar, para depois, a gente se ver e ficarmos juntas um dia, no máximo uma semana. Nossa! Como uma amizade supera isso? Sempre tendo que esperar para depois tão pouco tempo, mas é um tempo que não dá pra se explicar, é um tempo aproveitado da melhor maneira possível. A gente sabe que vale a pena. Ansiedade, isso é o que eu sinto nesse momento, escrevendo essas palavras aqui e agora, ansiedade porque eu sei que sábado, depois de amanhã eu vou te ver, e já imagino como seja.. A primeira visão assim, dai eu me apresso e te dou um abraço imenso, finalmente depois de uma distância imensa e tanto tempo sem se ver, eu te encosto! kk, dai vai ser pro feriado inteiro, a gente aproveitando tudo, cada segundinho, eu tenho certeza que vão ser muitas risadas, muitas coisas pra contar e lembrar depois, mesmo sabendo que vai acabar alguns diazinhos depois, que sempre passa voando, são coisas que vão ficar na memória assim. Eu nem me importo mais com esse saudade que dá, acostumar.. acostumar não seria a palavra, mas sim superar, porque quando é verdadeira permanece. E depois de muito tempo, pessoas se afastaram, brigaram, se reconciliaram, olhe para gente.. quando a gente brigou? Uma época em que confesso, eu não dei o valor que dou agora, que me deixei levar, a gente se afastou muito, mas nunca deixando de se falar completamente, e superando isso também, porque a amizade é mais forte. Até gostar do mesmo garoto a gente já gostou. Muito diferentes e muito parecidas em algumas coisas, idiotinhas? KK. É eu pensar algo sobre alguma coisa que aconteceu, que você pensou a tirou a mesma conclusão que eu. Sempre ligadas. Momentos compartilhados, onde emoções estão no meio por um computador, ter o que contar e ter lembranças mesmo por um computador! Você faz parte da minha rotina, mesmo não estando nela. Quando alguma coisa acontece e eu não consigo falar logo com você pra contar, fofocar como sempreeeeeee, da agonia, não vejo a hora de chegar e contar logo, compartilhar tudinho assim. Agora, hoje sim, eu dou o devido valor que a nossa amizade merece, porque tudo vem e vai, mas a amizade permanece. Eu não quero que enfraqueça, eu não quero que acabe, eu quero que seja assim pra sempre. Nos seus quinze anos eu estava ai, agora nos 16 com 2 dias de atraso estaremos de novo, vou poder te dar um tapa de presente de novo! Eu te amo demais Bru e obrigada, obrigada por ser quem você é e por existir na minha vida s2

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Se lembra do primeiro encontro? A gente não sabia o que falar.

BS! Meu, vocês lembram do começo de tudo? Vocês lembram daquele primeiro encontro? Eu me lembro da primeira visão que tive de vocês 3, eu chegando e falando ''Não quero mais, vamos voltar, vai be, vai'' KKK.. Um Gabriel e um Gouvea saindo, deixando a Bruna feito bobinha paradinha assim, dai o primeiro abraço e os dois voltam, séculos todo mundo quieto assim sem ter nada pra falar.. dai resolvemos tomar sorvete, né, aquele mc foi histórico, eu caindo, vocês nunca mais esqueceram disso, é tão bom rir com vocês. A saudade que me dava sempre que eu voltava, sempre tentando ir de novo, e agora a gente mal se vê porque simplesmente não dá mais pra ir, antes era todo dia, direto no msn conversando, as vezes fico pensando porque eu não tento uma reaproximação, a gente ainda se fala, mas esta mudado, era grupal direto. Cada coisa que a gente já passou junto, pra mim, muitas delas foram questão de aprendizado, até junto e pelo mesmo motivo alguns de nós já sofremos, e sempre um ali, ajudando. Até hoje mesmo não falando direito com o Golvis, eu sei que ele está ali, que se eu precisar de ajuda ele vai estar ali, pra me fazer dar uma risada, sei que quando eu for pra Santos ele vai estar ali, pra me dar aquele abraço que só ele saber dar! Gabriel, meu primeiro amor, mesmo que tudo muito confuso e mesmo com tudo que aconteceu, eu aprendi demais com isso, porque além de tudo você me ajudou demais sempre que eu precisei, depois de tudo talvez tenha enfraquecido eu não sei, a gente se afastou um pouco, mas eu sei também que se eu precisar você estará ai, e que quando eu for pra Santos vou te ver e poder te deixar irritado um pouquinho, coisa que eu adoro. Bruna, nem se fala né? Posso ter me arrependido por muitas coisas do passado, mas isso fez com que eu percebesse que é uma amiga que eu não posso botar a perder nunca! Até hoje aqui sempre, compartilhando tudo, cada detalhe de cada coisa e rindo, sei que esperas minha ida e que quando eu for a gente vai se divertir demais. Olhem a primeira foto do começo de tudo, o tanto que a gente mudou, cada foto um de nós estava mudado, crescemos e aprendemos juntos. Vocês são meus anjos, eu não quero perdê-los jamais, e mesmo estando assim, talvez mudado, pois as coisas mudam e não ficam intactas para sempre.. talvez não me desespere tanto, pois sei que estão ai, mas se um dia olhar pro lado e não vê-los mais, ai sim me desesperarei, não me deixem nunca, eu amo vocês e vocês nem imaginam o tamanho da minha saudade e o quanto fico triste em não poder vê-los mais direito, e prometo que quando for, vai valer a pena. Forever.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Me lembrar de quando eu acreditava no pra sempre..

Nessa história não existe culpado, não existe vítima, muito menos juiz. Sabe apenas quem realmente sente. Chegando em uma situação que não existe o que fazer. Eu só preciso que você saiba, eu não preferi.. eu não escolhi.. porque é impossível escolher entre dois sentimentos e mentir para si mesmo, porque nenhum dos dois sumiria assim do nada, o único jeito seria não ter deixado começar, mas começou involuntariamente, por mais que uma promessa não tivesse sido quebrada, seria diferente do mesmo jeito! Você não vê isso? Eu choraria pra você, você se sentiria culpada e me mandaria seguir, como mandou ali naquela ponte.. acabaria dando no mesmo, não seria inteiro, completo, ia ter aquela magoa.. Mas passou disto faz tempo, a questão não é mais essa promessa, a questão é que não se tem mais o que fazer, por várias coisas que se juntaram não tem mais saída, o jeito é aprender a lidar com isso e esperar que o tempo cure.. ou te faça aprender ou conseguir perdoar por inteiro a pessoa que mesmo sem querer causou isso.. " Por que eu não posso ter as duas coisas ao mesmo tempo? " Lembra quando isso tomava conta da sua mente? É.. agora toma conta da minha, mas uma eu tenho certeza que não posso mais fazer nada, ou sim eu posso, eu poderia larga-lo pra fazer com que a amizade volte ao normal, mas voltaria apenas pra você, porque eu não poderia chorar no ombro da minha melhor amiga enquanto sofresse sem a pessoa que eu amo.. eu poderia fingir, eu finjo muito bem, conseguiria disfarçar esse sentimento e sofrer calada, isso lhe faria muito feliz, mas eaí quando alguém vai se perguntar " E a Bárbara, como fica nessa história? " Quando alguém vai olhar pra mim e se preocupar com isso? Ai já não seria normal. Existem duas direções, as duas dariam no mesmo destino. O não normal! Não me culpe, não pensa que não sofro, não pensa que não sinto, não pensa que meu sentimento é menor que o seu, não pensei isso, guarde a minha imagem sorrindo pra você, guarde os poucos momentos em que você conseguiu me arrancar o meu Eu te amo mais sincero, nessa linha as lágrimas começaram a escorrer, você sabe que pra me arrancar lágrimas muito importante a pessoa é, pra me arrancar um eu te amo, a pessoa é uma das que eu mais amo na vida e eu tenho uma liberdade tamanha com ela. Bons tempos em que a gente se entendia só com um olhar, em que a sintonia era perfeita. Admiração por você, é o que eu tenho, raiva, magoa, odio, te culpar por isso? Não. Eu só consigo ter esse imenso carinho e imenso amor, agradecendo por cada coisa vivida, por cada momento, cada risada, cada coisa que aprendi, cada segundo da nossa amizade, nossa como me dói pensar que isso chegou ao fim. Como me dói saber que lhe causei feridas. Com isso tudo descobri que pior do que a ausência é o silêncio, mesmo tendo ao alcance. Mesmo com as duas partes querendo, não ter como voltar ao normal, a vontade de te abraçar e falar '' Está tudo normal, eu te amo minha melhor amiga '' cresce, a vontade de correr pra você e te ter normalmente como minha bff existe, mas ambas sabemos que é impossível isso agora, impossível ignorar um sentimento. Não digo que é o fim, jamais lhe direi isso.. um dia pode melhorar, você pode se acostumar, ai eu sorrirei, como eu queria, o alivio que sentiria no meu peito nossa.. carrego um peso, inevitavel fugir disso, de que a culpa é minha, mas parando pra pensar não é, minha nem sua.. Tudo na vida acontece por um motivo, talvez aprenderemos algo com isso. Ah, sim, a vontade de te socar também existe, de enfiar na sua mente, de conseguir te fazer perdoar e não ter ressentimentos e ficar super feliz pelo que eu sinto. Não o odeie tanto assim, por enquanto ele é o unico motivo que eu estou tendo pra sorrir e esquecer mesmo que seja por um segundo isso, ele se preocupa com qualquer coisinha minima que seja, por favor acredite. Eu sou o anjo que olhará por você, mesmo distante de ti, cuidarei de você mesmo calada. Não quero que nenhum mal se aproxime de você, quero seu sorriso tão lindo e sincero por todos os dias de sua vida, quero que você seja feliz, sua boba, chata, metida, mimada. Eu te amo e pra sempre te amarei meu anjo. "Sei que os dias passaram e eu vejo que o nosso pra sempre acabou, e nada do que nos foi contado, os desejos e sonhos que a vida mudou."

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Você tá sempre indo e vindo, tudo bem, dessa vez eu já vesti minha armadura.

Fique sabendo que a cada vez que me despeço, faço isso com o coração na mão e o medo de essa ser a última vez, certeza é uma coisa que não existe nesse momento, apenas a incerteza de que você volte, de quando voltará, se será como as outras vezes.. Que terei que esperar por meses, até você voltar, como se nada tivesse acontecido e como se o tempo congelasse na sua partida, esperando com que você voltasse para tudo começar a ter vida novamente.. Ou então, se dessa vez, será como as de antigamente e as raras de hoje, que sua volta seja no dia seguinte, com completa alegria e certeza de ter você ali. Boa era a sensação certeira de que eu te encontraria ali, me esperando para dialogar. E quando chegar o dia em que você perca tal sensação boa em relação a mim? O dia em que você chegue e não me encontre ali te esperando, o dia em que várias vezes você terá que me procurar, até tempos depois conseguir me achar e eu estiver sorrindo, como se nada tivesse acontecido e como se sua falta eu não sentisse? Você mudaria? Sofreria? Se importaria? Ou agiria como eu, e como sempre agiu, novamente? O que pensaria? É. Talvez mude alguma coisa apenas quando eu mesma mudar e não mais por você esperar, não me importar. Ou fingir não esperar e não me importar, assim seria mais fácil.

Nunca mais.

Você fazia de tudo para me colocar para baixo. Você me puxava para baixo. Tão baixo, que me perdia no escuro, seu coração era frio e duro, e no meu, gritos vazavam por furos. Ele estava quebrado, rachado, furado. Ele estava chorando, sangrando, gritando. O que você ganhava com isso? É, eu queria poder saber, um dia descobrir, o que você fazia comigo e porquê. O seu silêncio cortava meus ouvidos. Por que doía tanto? Não era para machucar deste jeito. Qualquer amor agora, ao pavor e ao distanciamento está sujeito. É uma proteção que eu mesma criei. Agora, graças ao tempo, não mais. Nunca mais sofrerei novamente, desmerecidamente. 

domingo, 26 de setembro de 2010

Enquanto a sua ida puder fazer alguém chorar, é sinal que a sua vida ainda não deve acabar.

Tenho certeza que a sua ida irá fazer várias pessoas chorarem. Eu mesquinha, egoísta.. como fui capaz? Te ver ali, dentro daquela caixinha, encolhidinho sem se mexer, e ter a capacidade de sair e não perder meu final de semana? Porque eu venho sendo assim com você faz anos? Sempre que eu chego depois de muitos dias foras, ou em qualquer vez que você me olha, você já abana o rabinho e vem pular em mim de saudade, querendo brincar comigo, tendo amor por mim, até mesmo quando eu te expulso ou mal te dou atenção, quanto tempo eu não paro pra fazer um carinho em você? Mesmo sabendo que você sempre estará lá. Um cachorro, sim, o cachorro mais importante da minha vida, o único, insubstituivel, que fazem anos que eu não dou o devido valor e nem me preocupo como deveria. Aquele cachorro que fez parte da minha infância, que eu brincava, corria e ele vinha atrás. Aquele cachorro que me fez chorar quando o vi passando por apuros pela primeira vez, que me fez sentir uma coisa que eu nunca havia sentido ao vê-lo molinho e anestesiado, tendo que pegá-lo no colo feito um bebê. Aquela idiota que deu uma olhadinha em você no seu segundo apuro e não te acompanhou como da primeira vez. Aquela mais idiota ainda que hoje, no seu terceiro apuro, olhou você ali e teve a capacidade de sair para se divertir, a culpa imensa que eu fiquei ao por o pé pra fora de casa, ao saber que você não voltaria pra casa hoje.. será que você volta Lelo? Nossa, tudo isso para um cachorro? Tenho certeza que o meu cachorro tem um coração puro, o coração bem mais puro e inocente do que qualquer ser humano tem, uma amor sem interesses, que estava do meu lado quando eu precisei, quando por apuros eu passava, lá estava ele me protegendo, aquele que sente saudade da gente, que sente quando deve ficar quieto ou quando deve se animar, e quando precisou de mim eu não estive lá. Por favor, volta, volta para sua casa, onde tem gente que te ama e vai estar aqui pra sempre com você, até o seu último dia de vida, se não a culpa que eu carregarei no meu peito vai ser imensa, meu arrependimento, jamais me perdoarei por não ter aproveitado e te dado todo carinho merecido, prometo que dessa vez tudo vai ser diferente, a partir da sua volta, eu prometo. Quando está por um triz de perder algo muito importante que a gente percebe o quanto é importante pra gente e como nos fará falta, quando tem do lado todo dia não damos o valor necessário e depois a culpa nos corrói por dentro. Eu te amo demais meu bebê.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Nunca.

Eu particularmente acho que a palavra ''nunca'' não deveria existir, porque tudo sempre chega em um ponto final, nunca é uma incerteza, e eu odeio coisas incertas, eu preciso ter absoluta certeza de tudo, sempre. Mas nessa situação de agora, é uma das raras que eu posso usar a palavra nunca; Minha vida nunca mais vai voltar a ser como era antes! Mesmo acostumada aqui, graças as pessoas que me fazem rir no meu dia-a-dia e mudaram minha vida de uma tal maneira que nem imaginam, fizeram com que eu não fique mais desgastada todos os dias, fazendo um imenso esforço para ter vontade de fazer alguma coisa, me tiraram o NADA que fazia parte da minha rotina aqui. Mesmo assim, com todas essas pessoas, as vezes aqui, quando me pego sozinha no meu quarto, ou qualquer mínima coisa que me faz lembrar de um mínimo momento, ou um grande momento que passei em minha "antiga vida" me fazem ter saudade, e eu me afundo em lágrimas as vezes, não conseguindo imaginar esses meus amigos vivendo suas vidas, parece que tudo lá fica parado, de uma certa forma fica, porque por mais que longe eu esteja quando eu volto pra lá, estão todos lá, me esperando e isso me deixa feliz, cada reencontro me deixa feliz, eu vou pra lá matar a saudade, mas fico com saudade em todos os momentos que estou lá, mesmo rodeada de pessoas, porque sei que depois de breves dias tudo voltará ao normal, normal que antes era inimaginável para mim, o meu normal de agora, tudo voltará para minha nova rotina, e eu terei que deixá-los, então aproveito cada momento com todo meu coração, a gente realmente da mais valor quando perde, quando não tem todo dia aqui do lado. Eu não trocaria nenhum de vocês por nada nesse mundo, vocês antigos e vocês novos, cada um com um papel especial na minha vida, me deixando mais feliz a cada dia.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Dois em um só.

Ela: Me abraça forte e promete que esse momento vai durar para sempre?
Ele: (se mantém imóvel)
Ela: (olha dentro de seus olhos, esperando uma reação)
Ele: (desvia seu olhar para o mar)
Ela: (deixa uma pequena lágrima escorrer sobre seu rosto, e se misturar com a água salgada do mar)
Ele: (olha no fundo de seus olhos, passa de leve o seu dedo sobre a pequena lágrima limpando-a, coloca uma mecha do cabelo para trás da orelha) e diz: Não posso prometer isso, eu estaria mentindo, mentindo para mim, para nós dois, esse momento não é suficiente perto de muitos outros que quero passar com você.
Ela: (solta um sorriso bobo e o abraça, pendurando-se em seu pescoço)
Ele: (a abraça com toda força, fazendo com que os pés dela percam o chão e a gira, agitando toda água que existe em volta deles)
Tudo se finaliza com os dois olhando para o por do sol, abraçados na beira do mar, eternizando aquele momento na memória de cada um, um momento para sempre, de muitos outros que estavam por vir.

Sangro só de pensar.

Essa é uma coisa que eu sempre expulso da minha mente quando ela me vem a cabeça, essa imagem de você assim, como deve ser, sabe a vontade que eu tenho ao imaginar isso? De arrancar meus cabelos, rasgar minha pele, me sinto quebrando por dentro, meu coração sangra, se despedaça, me sinto incapaz, inútil, egoísta. Uma tremenda de uma egoísta, me irritando por coisas sem importância alguma, colocando meus problemas no topo, maiores que todos.. que comparados aos seus se tornam tão nulos. Essa ridícula sensação, que eu imagino tomando conta de mim, do meu ser, tentando me colocar no seu lugar já consegui ter tal sensação, mãos me sercando,  pessoas querendo me prejudicar e me perseguir, fogo vindo de dentro, tomando lugar do meu sangue, percorrendo por minhas veias, enxergando o fogo em minha frente, até explodir, aquela imensa vontade de quebrar tudo a minha volta, impedida de enxergar qualquer coisa a minha frente, me contorcendo na cama, mordendo meus próprios lençóis, por pouco não arrancando meus cabelos, e quando vejo que aquilo tudo é uma encenação, que não passo por aquilo de verdade, diferente de você que terá de conviver com isso pro resto da sua vida, controlando-se por medicamentos, mas algumas vezes em vão, e eu aqui sem nada poder fazer por você, nessa imensa distância, sem saber como vai você, sem saber se sofre, sem saber de cada passo seu, querendo ser cada chão que você pisa pra poder acompanhar seus passos. Saber que você está sofrendo e enfrentando coisas inimagináveis para mim, olhando por ti, rezando por ti, torcendo por ti, cuidando de ti o máximo que posso mesmo tão distante, querendo sempre o seu melhor, querendo que por um milagre esse tormento acabe de vez para você, querendo enfiar noções mínimas de juízo em sua cabeça para que a situação não piore, talvez tudo em vão, mas nunca o arrependimento de não ter tentado.. por ti. Maldita doença.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

A violência ao seu lado.

Redação feliz -n- da avaliação da escola, deu vontade de por e dane-se não é mesmo?
A violência está mais próxima do que você imagina, enquanto você pensa que seu filho está seguro na escola, lá pode ser um pesadelo para ele, ou, ele pode estar fazendo da vida de outra pessoa um pesadelo.
Dados da pesquisa do IBOPE em parceria com Todos pela Educação revelam que, insegurança e drogas nas escolas são os maiores problemas da educação brasileira, junto de outra pesquisa feita pelo ISME que revela que cerca de 20% dos alunos se sentem mal na escola, 33,1% sofrem xingamentos, 20,1% agressões físicas e 17,1% rejeição.
Um ambiente que deveria ser a "segunda casa" de uma criança e adolescente se torna desagradável e causam danos emocionais e consequências futuras.
Visando antigamente e comparando com o presente,  no lugar das reguadas dadas na mão de um aluno pelo professor vieram coisas muito piores, de agressões seríssimas contra o próprio professor.
Isso tudo não acontece só em escolas públicas, atingem também as particulares, então preste atenção e veja se em casa você tem um agressor ou uma pessoa insegura, o seu filho (a).

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Felicidade instantânea.

Sabe aquela rotina insuportável? Uma coisa normal que faz parte do seu dia-a-dia, que você vive aquilo e só aquilo, com aquelas mesmas pessoas todo dia, você não vê a hora de mudar, mudar radicalmente toda sua vida e quando muda, tu percebes que aquela rotina te fazia feliz, e você começa a sentir falta daquelas pessoas que você via todo dia e que agora a distância tirou de você, dai você percebe quanto do tempo foi perdido e o quanto podia ter sido aproveitado e não foi, o quanto que você podia ter aproveitado mais aqueles amigos que estavam ali todo dia com você, quanto tempo perdeu sem dizer um Eu te amo se quer.. e até hoje. E agora a cada dia que você vai vê-los você tenta recuperar todo tempo perdido e aproveitar ao máximo cada um deles, ser feliz naquele momento.. e quando chega a hora de partir você já parte com saudades, sabendo que vai ter que esperar mais meses para ver aquelas pessoas que antes você via todo dia, que elas estão longe de você e não estão mais a seu alcance a qualquer momento, dai a vontade de partir some e a de se esconder e fugir pra lá, ficar ali pra sempre aparece, não desgrudar nunca mais. Estou querendo a minha antiga rotina de volta.

sábado, 14 de agosto de 2010

Meio do nada.

Eu quero um lugar longe de tudo, no meio do nada, perdido, onde se olha pro lado e nada vê, se vê apenas uma imensidão ao seu redor, com a impressão de que andar não te levará a lugar algum, para ver como seria. No meio do nada, onde eu pudesse gritar o mais alto possível, pular, rodar, socar, cair, rir, dançar, fazer o que eu quisesse sem ninguém para ver. Livre. Extravasar.

domingo, 8 de agosto de 2010

Pai.


Eu não sei se você vai ler isso, talvez eu nem mostre, eu vou escrever como uma homenagem, vou escrever porque me deu vontade de dizer tudo que eu sempre quis para você. Hoje é dia dos pais, e eu desejo para você tudo de melhor, toda a saúde do mundo, que todos os seus sonhos se realizem, muita felicidade para a nossa família, e que a nossa vida só melhore cada dia mais. A gente nunca teve o hábito de expressar muito os sentimentos, desde pequena você vem com as usas brincadeirinhas e até hoje não mudou isso, porque como algumas pessoas dizem talvez para os pais, os filhos nunca cresçam. Mesmo eu sempre brigando com você, você comigo, a gente discutindo, algumas vezes um sem paciência com o outro, eu não viveria sem você, você e a mãe ao longo da minha vida não tão longa assim, vocês me ensinaram, me educaram, no futuro quando eu for alguém, vai ser tudo graças aos dois! Sempre se preocupando com o meu melhor, eu sei, muitas vezes eu sou mal agradecida, porque as vezes é exagero demais, mas sei que você faz isso apenas visando o meu melhor e a minha educação. Muitos gritos que existiram já, ainda existem,convivemos juntos fazem 14 anos, e com as muitas diferenças inevitável não ocorrer brigas no meio disso tudo. Eu já me acostumei, claro, com você morando na mesma casa que eu, em Itanhaém por um tempo, enquanto moramos em casas diferentes, mesmo te vendo todos os dias em casa, me cortava o coração saber que você não dormia no mesmo teto que eu, eu me sentia menos segura, com você por perto parece que nenhum mal pode me atingir, saber que você ficava triste por algumas coisas que aconteceram quando a gente mudou, nunca ninguém soube disso, mas eu ficava triste junto, eu sempre quis aquela imagem de uma família feliz, saindo pra almoçar fora as vezes, nos divertindo juntos, e o que mais existia em uma época eram desentendimentos. Depois que a gente mudou para cá, no começo, eu meio que achava que a culpa de eu não estar feliz era sua e da mãe, por isso sempre berrava com vocês, depois percebi que tudo melhorou aqui, que todo mundo estava feliz, a nossa vida realmente tinha melhorado, e que vocês mudaram para o melhor de todos, que isso fez com que a nossa vida melhorasse, você se esforçando para conseguir algo melhor para a gente e eu meio que estragando tudo, que vocês ficavam tristes por ver a minha infelicidade, então eu me conformei e agora tento melhorar a minha vida aqui, com o esforço de cada um, com nossos milhares de defeitos, porque nenhuma família é perfeita, e cada vez melhorando mais e mais, agora sim podemos nos considerar uma família feliz. No futuro, quando eu estiver com a minha vida formada, morando sozinha, jamais abandonarei você, nem a mãe, estarei sempre ao lado de vocês. Agradeço por tudo que você já fez por mim. Agora, você é motivo de orgulho para mim. Feliz dia dos pais, e muitos dias cada vez mais felizes na sua vida e na nossa. Eu te amo demais!

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Contradição.

Afinal, por que será que eu sou tão contraditória? Odeio expressar sentimentos e guardo algumas coisas para mim, mas odeio quando não expressam sentimentos por mim e deixem de me contar qualquer coisa. Odeio abraçar, mas gosto de sentir um abraço. Moro no Brasil e odeio sol, calor, praia, carnaval, samba, roupas de verão, vestido, saia, shorts, sandália e qualquer coisa do tipo, amo frio, neve, dias nublados, roupa de inverno, calça, tênis, casaco, lenço palestino, cachecol. Odeio ficar em casa, mas amo ficar embaixo das cobertas vendo filme, no computador e fico com preguiça para sair. Odeio ciúmes em excesso, mas o tenho e ninguém se quer sabe. Odeio que me esnobem e quando não tenho chances, mas ai sim me empenho em conseguir tal coisa, como um desafio. Odeio ficar curiosa, mas amo fazer com que fiquem. Odeio coisas difíceis, mas quando as coisas são fáceis demais eu não vejo a mínima graça. Então eu já não sei quem eu sou.

Eu te adoro e te acho foda!

Eu acabei de mandar um e-mail pra namoral produções, participando de uma promoção, tinha que contar a história de algum show da Pitty, as melhores vão ganhar um poster que ficou no camarim da turne anacrônico, eles limpando o armário acharam várias coisas por lá.. e algumas outras que chamarem a atenção não vão sair de mãos vazias também, espero que eu seja uma delas, o meu texto foi esse: A primeira música que eu ouvi da Pitty foi equalize, seguida de teto de vidro, desde então passei a admirar e achar foda demais. Juntando cada detalhe de cada um deles, forma-se a banda perfeita, cada um com suas características diferentes e com um jeito diferente de se comportar no palco, juntos formam o som mais perfeito de todos, soube disso quando na turne anacrônico fui no meu primeiro show, 1 dia antes do show, em cima da hora descobri que ia acontecer, em outra cidade perto da minha, de graça! Eu não ia ter como chegar até lá, não ia dar tempo de nenhum dos jeitos, ninguém poderia ir comigo, eu não podia perder aquele show que talvez fosse uma unica oportunidade para a minha vida, ver, presenciar aquela música ao vivo, respirar o mesmo ar que os meus ídolos preferidos, então falei com todos que pudessem me levar, até que no dia consegui um jeito de convencer a minha mãe, e lá fui eu, cheguei muito tempo antes para poder ficar na grade, frente a frente com eles.. aliás o show era de graça, eu tinha que ser a primeira, chegando lá, eu ansiosa, tremendo, esperando que o show começasse logo.. as horas passaram super devagar, pareceram anos, até que eu ali, bem perto do palco, na frente.. todos começam a berrar, a se empurrar, me espremendo cada vez mais e eu sem conseguir respirar nem enxergar nada direito, entre um vão de uma pessoa ali que eu tenho a minha primeira visão de verdade da Pitty, ela linda como sempre, ali, entrando, perfeita! E um grito de felicidade eu soltei, apenas um, eu estava sem reação, tocaram duas músicas, e eu não tirava meu olhar do palco, olhando aquelas pessoas finalmente o mais próximo possível de mim, Pitty, Martin, Joe e Duda, tudo o que eu sempre quis, quando minha ficha cai, eu vejo que realmente estou acordada, que eu estava lá, o primeiro show da minha vida com aquelas pessoas, eu começo a pular descontroladamente e a chorar, desde esse momento chorei do começo ao fim, mais ainda no fim quando vi que eles estavam indo embora e eu não sabia quando os veria de novo.. durante o show, apreciando aquela música, cada detalhe e movimento, fazia de tudo para que eles pelo menos me ouvissem, qualquer gesto direcionado para mim, por mais simples e sem importância que fosse para eles, eu ficaria feliz e seria inesquecivel, eles veriam meu rosto, iriam saber que eu estava ali. E então o show acabou, eu vermelha, completamente descabelada e com o ''rimel até a bochecha'' estava satisfeita, após aproveitar cada segundo! E antes que eu me esqueça, antes de começar o show descobri que quem pagasse 15 reais, APENAS 15 REAIS! Entraria no camarim para trocar uma idéia com eles e tirar umas fotos, corri até o responsável disso para me informar, mas já tinha esgotado tudo, eu perdi uma chance que nunca mais tive e me arrependo até hoje de não ter visto isso antes, mas a culpa não foi minha, valeu a pena cada momento daquele show, cada lágrima! Foi o show mais perfeito e que me recordarei para sempre da minha vida.. o quase início de tudo.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Misguided ghosts.

Eu tão cansada como sempre, só não aguento mais, a unica coisa que eu conseguir fazer hoje foi ficar com aquele fone no máximo, e isso sim me acalmou, não ouvir nada, nem ninguém ao redor, nenhum barulho se quer, e me afundar e sumir no meio daquela música. Eu já não sei mais de nada, eu estou perdida, eu desisto, mas por instinto sou obrigada a continuar.. pensar que continuo, porque na verdade eu já desisti faz tempo, apenas sou programada para fazer o que se julga certo, o padrão de toda sociedade; acordar logo cedo, ir pra escola, fingir que aprendeu algo com aqueles professores na frente falando, falando, falando, ficar 5 horas sentada, tendo que ficar apenas quieta para ouvir e tentar fixar algo na mente, fazer o que se diz obrigação, voltar, comer e ficar aqui, largada na minha vida, para ser alguém no futuro e ter a vida padrão de qualquer pessoa que se diz feliz, eu não quero ter uma familia feliz e uma rotina feliz, eu não gosto disso. Ninguém se importa realmente, posso passar o dia todo quieta, para sempre quieta, a unica coisa que conseguirei disso é me afastar das pessoas, lentamente, e elas nem se quer vão notar minha ausência. Você ve que eu estou tentando encontrar meu lugar, mas pode não ser aqui onde eu me sinta segura, todos nós aprendemos a cometer erros e fugir deles, sem direção, fugir deles, sem convicção. Eu sou só um daqueles fantasmas vagando eternamente, não é preciso estradas, na verdade elas te seguem e nós só andamos em círculos, agora me disseram que essa vida e a dor é apenas um simples compromisso, para conseguirmos o que queremos disso. O que eu quero disso? E agora mais essa.. uma coisa retornando para a minha mente, cara eu estou perdida.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Incerteza.

Até hoje continuo sem saber o que será de mim aqui, eu simplesmente permaneço aqui, sem saber qual será o meu destino realmente. Das pessoas que aqui.. nesse lugar meio que desconhecido para mim, gosto de cada uma delas, agradeço por existirem porque, por causa delas, eu não me sinto tão sozinha assim.. não é mal agradecimento por minha parte, mas mesmo assim eu não estou completa, aqui é tudo muito diferente, tudo muito mais complicado para mim, aqui eu sou muito dependente dos outros (eu odeio depender de qualquer pessoa).. Aqui ninguém me conhece como meus amigos de Itanhaém, todos devem pensar que me conhecem, mas não conhecem a minha essência, aquela pessoa que eu realmente sou e jamais entenderiam isso, não sabem o que eu sou. Todos aqui conhecem aquela menina tonta que ri de tudo, que faz piadas, que brinca, que ri com eles, que está sempre feliz.. mas não sabem ao certo o porque de tudo isso, não sabem que por trás desses sorriso na verdade não existe uma pessoa feliz de verdade, eu ando tendo momentos alegres, que não permanecem, por trás de cada sorriso existe só uma menina querendo esconder a sua profunda dor e tristeza, aquela menina que não diz as três simples palavras ''Eu te amo'' e que mal olha nos olhos de alguém, que na verdade nunca olha, com medo de que descubram quem ela realmente é, e o que ela esconde por trás de sua aparência feliz. Que esconde cada tristeza sua, que esconde até os sentimentos bons, que se esconde de verdade. Enquanto vê todos vivendo suas vidas, ela continua aqui, quieta, apenas observando, sem ter solução alguma para a sua vida em mente, e assim deixa para sempre, esperando que o tempo resolva algo.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Gajinhu s2

Bárbara Rossmann.
Parabéns bem atrazado, você conhece seu amigo desnaturado não é mesmo?
Bom, estava devendo o seu texto, e aqui está, eu não prometo um texto maravilhoso, porque talvez eu não seja bom com as palavras.
Enfim, eu te conheço a um pouco mais de 1 ano, mas parece que nos conhecemos de muitas e muitas vidas, isso é fato, porque de alguma forma, a gente se entende, do nosso jeito, mas a gente se entende. Amizade que começou por MSN, bom, até hoje é assim, mas sua amizade por MSN vale mais doque muita amizade 'pessoalmente', bom, isso é óbvio, afinal você é a minha melhor amiga, sempre se preocupando comigo, sempre me ajudando, principalmente com aquele meu 'problema' , que qualquer outra pessoa não estaria nem aí. Bom, aí vem a questão: Seria só amizade mesmo?
PUFT, é lógico que não. Tantos planos super hiper mega ultra bem bolados, e de alguma maneira, todos FAIL. A vida nos separava de alguma forma, tudo ao redor, todos os fatos, eram pra gente não ficar junto, ok, 1x0 pra vida. Nosso amor era a coisa mais linda e mais incrivel, as pessoas devem se perguntar " Amor a distância? Será que é possivel? ". Bom, só quem ama a distância sabe, mas não posso falar que essa 'amizade' é só apenas por MSN, tem aí os encontros do BS, que é quando de vez em nunca você e a bê vem pra Santos, enfim, são as poucas horas mais perfeitas, é uma felicidade gigante que não tem tamanho, quando estou com você.
Bom, você teve a escolha, mas se preocupou mais com aquela pessoa, pensou mais na felicidade dela, do que na sua.
Enfim Bárbara, você sempre se preocupa mais com as pessoas do que com você mesma, é essa sua 'bondade' que me preocupa um pouco.
Mas então, você resolveu 'desistir' , eu não ia forçar nada, simplismente respeitei. Mas ai que tá, tentamos nos esquecer e nada, nosso amor continuava, e por incrivel que pareça, muito forte!
Ok, agora, neste momento, nós somos como Pai e Filha, ou Irmão e Irmã, e enquanto eu ser o seu 'Anjo' , você pode se sentir a pessoa mais protegida desse mundo, eu te amo demais mesmo, meu neneim. s2

quarta-feira, 24 de março de 2010

I'll be there for you s2

Tudo começou do nada, muito do nada você entrou na nossa vida, e com muitas mudanças, claro, vai assim até hoje.
Mesmo com esse seu mal humor muitas vezes, o seu ''foda-se'' eu Bá dou muita risada sempre com isso, e Amanda fica puta da vida KK. 
Eu bá adoro brigar com você, adoro te irritar, amo te ver irritado, as vezes fica meio sério, mas é briga de amigo sabe. Amanda toda emocional não suporta isso, odeia ficar 1 segundo se quer brigada com você, não suporta nenhuma saudade.
De todas as vezes que nós duas subimos a ponte só pra ir lá conversar com você, de todas as vezes que ficamos na frente da escola até 14h com fome apenas para conversar e rir, de todas as briguinhas, de todas as risadas, por tudo isso você é muito importante nada nossa vida e nada disso será esquecido jamais!
Eu e a Amanda costumamos dizer sempre ''O Luan é imprevisível'' e você é mesmo sabia? Nunca sabemos qual será sua reação em nada, pode ser uma simples risada, pode se irritar, ou um simples ''foda-se'' 
Luan e sua risada de K-K-K-K, marcante. Muy amigo mesmo você sabia? Muitas vezes já se preocupou, da ultima vez em simplesmente deixar a gente descer a ponte e voltar pro centro sozinhas, pagou o nosso bondinho, lembramos disso ta? Pequenas atitudes que você já teve demonstrando que se importa, aquela vez do africano, nós duas não esquecemos de nenhum momento, isso que te fez ficar especial nas nossas vidas, essas pequenas coisas, faz tempo né?  Muitas saudades de quando a gente ficava nós 3 na frente da escola, sempre te impedindo de ir embora e você se irritando. KK
Sei que as vezes você se irrita de verdade, se irrita quando nos preocupamos demais e damos alok no msn e pessoalmente, quando não conversamos direito, mas saiba que não é de propósito, se a gente se preocupa é porque nos importamos com você, porque você é importante, e o fato de não conversarmos direito as vezes, é nosso jeito não é meixmu? HAUHAUA
Do nada você entrou na nossas vidas e espero que não saia nunca mais, queremos estar com você por muitos aniversários ainda, tão rápido você se tornou um amigo tão importante!
Mesmo eu Bá não estando ai perto, sinta-se abraçado, com um abraço imenso, tenho certeza que Amanda se encarrega disso HAUAHU. Apesar de nós duas termos pensamentos completamente diferentes, queremos uma coisa com certeza, a sua amizade pra sempre.
Velho, Luan, você é tão importante pra gente, e não se esqueça disso pois é a mais pura verdade, porque apesar de todas as brigas, todos os xingamentos, todos os dramas, tudo, tudinho de tudo, o sentimento não mudou, apenas se fortaleceu, e vai ser assim sempre!
Amigos não são só aqueles que passam a mão na cabeça, mas sim, aqueles que apontam os erros, e se um dia, nós implicamos com você, foi mesmo pro seu bem, foi pra não te perder, foi pra botar juízo nessa sua cabeça oca! haha. Luanzinho amor nosso, obrigada por aguentar nossos momentos de loucuras, quando passamos a noite em claro e foi você que nos aturou no dia seguinte kk. Obrigada pela sua existencia! E apesar de irritar demais com sua bipolaridade e seu famoso "foda-se" você não é qualquer um.
Eu, Amanda, iria até o inferno contigo se preciso, daria meu coração e alma por ti, disso não duvide! Nós duas te defenderemos até a morte, e vamos querer você por perto independente de qualquer coisa.
"Quem foi que disse que pra tá junto precisa tá perto?" o nosso trio não acabou e não vai acabar tão facil! Todos os momentos que passamos juntos foram inesquecíveis, e pode ter certeza, que toda amizade passa por momentos dificeis, mas pra você ver né, nós superamos todos! Estamos aqui os três, juntos, amigos.
Você pode ter certeza que você é essencial, super importante pra nós, pode ter certeza que mesmo quando tiver se saco cheio da gente, a gente vai lá e vai te encher mais um pouquinho, haha.
Baralho, nosso amigo lindo, anjo da Amanda forever WIUFGDOISU, a gente te ama muito muito muito mesmo! Desejamos um ótimo aniversário, muito amor, paz, muuuuito juízo e tudo de melhor pra você, que você seja extremamente feliz hoje e sempre! Conte conosco hoje e sempre; We'll be there for you s2

A gente te ama, demais!

Sempre assim.

A vida é só uma passagem, a gente nasce, cresce, não precisa de ninguém pra nos ajudar, temos nossos filhos, cuidamos dele, depois ficamos velhos e eles cuidam da gente. Depois de velho ter que precisar de alguém pra fazer uma coisa que antes você fazia com a maior facilidade na sua rotina, deve ser humilhação, não quero chegar a isso.
Uma coisa tão ruim ver uma pessoa dentro de um  caixão, toda branquinha, arrumadinha, paralisada, parecendo que esta dormindo mesmo, e que em qualquer momento pode abrir os olhos e acordar normalmente, da um desespero!
Todos ao redor do caixão, olhando por aquela pessoa e quietos, na cabeça passando tudo que já viveu com ela e os momentos bons, a falta que vai fazer e ao mesmo tempo olhando com um olhar de dó. Dó da familia, dos mais próximos, dó? Eu em espírito se estivesse lá, queria que sentissem minha falta claro, mas preferia que rissem lembrando dos momentos bons, não que me olhassem com dó. 
Quem sabe se nós que merecemos a dó de estarmos vivos? e se o lugar pós morte for bem melhor que esse aqui? 
Espero que sim, espero Tio que você esteja em um lugar perfeito, que você mereça estar, na maior paz do mundo! Desejo isso a você e a todos que morrerem e merecem essa paz (F)

sexta-feira, 19 de março de 2010

Talvez meu lugar não seja aqui ;s

Ai, parece que não sei, é hehe. Tenho medo de nunca me acostumar completamente com isso, sei que nunca vai voltar a ser igual, nunca mais! E medo de não me adaptar a esse ''novo ambiente'' de não encontrar pessoas que eu crie intimidade, de ficar pra sempre com essa agonia que chega a ser psico, puxando meus próprios cabelos com esse vácuo que existe na minha vida. Nada, simplesmente nada pra ser feito.
E tenho medo de decepcionar alguém, para o resto esta tudo bem, suas vidas finalmente estão se acertando, realmente melhorou pra eles. E quando eles me perguntam se estou bem, se estou gostando da nova cidade com um sorriso que me enoja no rosto, não suporto tal pergunta, me da vontade de gritar: ''NÃO EU NÃO ESTOU BEM, DESDE O INICIO NÃO QUIS VIR PRA ESSA PORRA DE CIDADE, POR QUE EU ESTARIA BEM?!'' Mas não, eu boto um sorriso no rosto e responde ''é claro, estou me acostumando, estou gostando'' Será que não é possível enxergar nos meus olhos que eu estou mentindo? Que estou com um frio na barriga sem saber pra onde correr? Mas para não decepcionar ninguém e acabar com os sonhos de todos eu continuo com essa falsa felicidade dizendo que está tudo ótimo, até um dia que eu explodir e gritar tudo que tem entalado aqui dentro. Sei que a culpa não é deles, queriam o meu bem, mas esse definitivamente por enquanto não é o meu bem.

segunda-feira, 15 de março de 2010

Mais uma vez fail.

A minha vontade agora é sair correndo, abrir a porta e sumir. Mais uma vez vendo coisa onde não tem, pensando no que podia ser, criando ''ilusão'' Mas era a unica chance, não vejo outra em vista tão cedo. Até lá vou ter que ficar com isso dentro de mim novamente.. esperando, esperar, cansei de esperar, isso esta me tornando impaciente e impulsiva, esta me cansando. Eu realmente precisava daquilo para continuar, ai droga! Apenas burra. 
Por que precisamos de outro alguém pra esquecer um sentimento? Devíamos ser capazes de esquecer sozinhos. Grito por dentro. Então apenas isso, tchau.

Medo de ter, medo de perder.

Já tive medo de ter, medo de perder sem ao menos ter. Já chorei e já sorri. Já ajudei e fui ajudada. Já amei e fui amada. Já tememos juntos.
Agradeço por ter me feito sonhar, pela imaginação, sorrisos que jamais teria sem você, pelos planos e vontades. Agradeço por me entender. Agradeço por existir.
Me desculpa se já te fiz chorar, me desculpe se já te fiz sofrer. Com você já aprendi várias coisas, que vou levar pro resto da vida, você realmente me fez amadurecer demais. Obrigada por tudo que já me ensinou. Com você já vivi várias alegrias. Se um dia (que esse dia nunca chegue) perdermos o contato, por qualquer motivo, se pararmos de nos falar saiba que nunca irei esquecer de nada que já passamos. Nunca irei me esquecer de você, não digo isso da boca pra fora, é realmente verdade, algo nos une.
Matei meu próprio orgulho muitas vezes, quebrei algumas coisas que julgava como certas, foi merecido. Não me arrependo de exatamente nada!
A última coisa que quero pra mim é o seu odio, por isso procuro não levar nenhuma briga adiante, sempre evitando-as. Prefiro morrer se isso acontecer.
Tudo que já passamos, fez nosso laço ficar mais forte, tudo só fortaleceu, pelo menos pra mim essa amizade. Eu te amo demais, eu não vivo sem você. Obrigada por existir.

sábado, 13 de março de 2010

Momentos aqueles,

que você espera por dias, quando chega a hora, o primeiro olhar, os olhares se cruzam, por alguns segundos ficar apenas parada, olhando, apenas o corpo fica ali, a cabeça voa pro espaço, o alívio que te da.  Momentos em que a única vontade que existe é correr para o abraço, que palavras não são necessárias, apenas o toque, para ter a certeza de que realmente é real, pelo menos a presença é real.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Sei lá.

Vergonha, é. Sabe ? Ficar vermelha na frente de uma tela, é até patético, da vontade de rir. Soltar sorrisos bobos na frente de uma tela por alguma coisa lida, é até patético, da vontade de rir. Amar na frente de uma tela, é até patético, da vontade de rir. Ter momentos inesquecíveis na frente de uma tela, é até patético, da vontade de rir.
Dai vem aquela vontade de dar um soco na tela e ver se consegue puxar alguém lá de dentro, ou ultrapassar aquela tela. Barreira ridícula que nos separa. Fuck of.

Descobri!

Descobri porque as vezes fico pelos cantos, me lamentando, as vezes acabo até descontando nos outros. Não diria bem me lamentando, não é a palavra certa, eu fico parada, com o pensamento longe, vazia. É exatamente isso, não estou completa, sinto que falta alguma coisa mas não sei o que é. 
Sinto falta, vontade de ter um olhar mais intenso sempre pra mim, olhando para mim, nos meus olhos, um abraço caloroso, uma pessoa. Uma pessoa que me ame, que faça tudo por mim, que esteja do meu lado, junto de mim, sempre! Que se preocupe comigo, que me queira. 
Uma pessoa que EU ame, que eu queira, que eu possa estar do lado sempre. Está tudo muito vazio pra mim.

Amor de fã.

Não é simplesmente gostar de algumas músicas, é admirar aquela pessoa por suas letras, atitudes, gestos, sem interferir na vida dela nem julga-lá por alguma atitude errada tomada, porque nossos ídolos são humanos, carne e osso como  nós, como qualquer outra pessoa, com a diferença de um trabalho admirado por várias pessoas.
Eu particularmente começo a gostar, acompanhar a carreira de uma pessoa quando ouço uma música, me identifico com a letra e me interesso para ver mais, passando a admirar cada detalhe, interpretando a letra e procurando entender.
Música as vezes me revela coisas que eu sinto mas não sabia como expressar, é como se o compositor da tal música me conhecesse faz anos e todos meus pensamentos e sentimentos. A gente passa a amar gente que mal nos conhece, os acho merecedores disso.
Cada show que se eterniza na memória. Ficamos felizes pela felicidade dele, comemoramos pela conquista, seja de um prêmio e até mesmo na vida pessoal, acompanhamos cada detalhe, sofremos quando ele sofre, ficamos tristes, torcemos por ele.
Os meus dois maiores ídolos, que tenho um super orgulho é a Pitty Leone e o Daniel Weksler, os admiro demais mesmo eles nem sabendo disso.

quinta-feira, 11 de março de 2010

My friend.

Seu aniversário foi dia 9, depois de 2 dias eu aqui escrevendo pra você, como não posso te dar um abraço bem forte é o que resta, mas isso não é pelo seu aniversário, é por tudo, é pela nossa amizade, pela pessoa que você é. 1 ano, SÓ um ano, digo só porque para mim pelo menos, parece que faz muito mais anos que a gente se conhece, parece que te conheço desde a vida toda, parece que te conheci desde sempre! Talvez de outras vidas, sério mesmo, eu demoro muito tempo pra confiar em qualquer pessoa, sempre fico com uma desconfiança, com você em pouco tempo eu confiei completamente, te conto minha vida inteira praticamente, talvez você me conheça tão bem, que me conheça mais do que eu mesma. 
Sempre que eu estou mal, que preciso de alguma coisa você me anima, me bota pra cima, me ajuda, sempre por msn.. mas não digo que isso é virtual, nossa amizade vai bem além, uma vez que precisava de um abraço pessoalmente, quando fiz coisa que não costumo fazer na frente dos outros, chorei, você levantou, sentou do meu lado e me abraçou assim calando qualquer tristeza que eu estava sentindo no momento, me deixou feliz. Te considero um anjo na minha vida, um anjo que apesar da distância esta sempre do meu lado. Apesar desse seu jeito, muitas vezes sem paciência, de todas as briguinhas que já existiram eu sei que você se importa, sei que poderei contar com você quando eu precisar, te sinto perto de alguma forma.
Quando sei que você tem algo, que você não quer me dizer, fica até bravo quando eu insisto demais, insisto mesmo, porque me preocupo, não gosto de te ver mal, se tem algum problema eu quero te ajudar, seja ele qual for, me fazendo bem ou não! De uma certa forma me sinto bem com você estando bem. Por isso você pode confiar em mim em qualquer coisa, pra sempre, farei de tudo pra te ajudar e te deixar feliz.
E eu estou com saudades ok. Você é uma alegria na minha vida. Obrigada por tudo que você já me fez, obrigada por ser o amigo que você é comigo, eu te amo Gabriel Leite, my friend s2 

Sorrir quando não se resta mais nada.

Posso parecer a pessoa mais de bem com a vida do mundo, rir de qualquer piada, ter esse meu jeito que uns julgam como retardada.. talvez tudo isso seja pra esconder as coisas ruins que eu sinta, os sentimentos que nunca foram completados, coisas sem solução. Claro que tenho muitos motivos pra sorrir, por isso procuro usa-los sempre para ficar feliz sempre, mas em algum momento sempre cai tudo de ruim em cima de mim, vem na cabeça tudo que por medo não se concretizou, arrependimento do que não fiz e do que já fiz, e da aquela imensa vontade de sumir, assim me resta sorrir pra ninguém perceber o que eu estou sentindo, para pensarem que pelo contrário estou feliz. Prefiro guardar tudo que sinto pra mim do que expor para os outros, prefiro que achem que estou feliz naquele momento do que me julguem por fraca, não quero nunca que me vejam chorar, choro pra mim, não para os outros.
Quando eu estou rindo demais, falando coisas sem noção é que na verdade estou querendo esconder aquela tristesinha que tá la no fundo, eu fico gritando por dentro, sentimento que da vontade de gritar para todo mundo ouvir, falar tudo que sempre tive vontade de falar, arriscar! Essa é a palavra, ARRISCAR, se eu tivesse arriscado teria conseguido muito mais coisas na minha vida, mas prefiro ficar quieta e deixar que os outros ganhem por mim para causar menos confusão.
Nem sempre quando eu sorri foi sério, minha vontade era de chorar ♪ 

Saudade.

Saudade não é não ter, é olhar pro lado e perguntar cadê? É não ter todo dia algo com que você contava a qualquer instante. É não poder dar aquele abraço que você estava acostumada a dar, não poder abraçar quando palavras não adiantam, não poder olhar nos olhos. Com a distância tudo fica tão mais frio, sem a companhia, uma coisa superficial.
Quando você tinha tudo que queria do seu lado, era uma das pessoas mais felizes do mundo e não sabia, realmente quando você 'perde' que percebe o valor que realmente existiam nas pessoas que estavam sempre ao teu lado te ajudando.
Agora quando se precisa de alguém, olha pro lado e não tem ninguém ao seu alcance, mesmo com essa distância continuam ajudando, mas quando não se tem o que dizer, que apenas um abraço funcionaria e calaria todas as nossas dúvidas, isso se torna impossível. Tendo que aprender a conviver com esse sentimento ruim, amargo, estranho, tendo que aprender a lidar com essa situação.
A saudade aperta cada vez mais, tudo que já se viveu volta na mente como um filme, vem também o que planejamos ainda viver com essas pessoas. Porque ainda não se teve o fim.