'' Tudo o que acontece no universo tem uma razão de ser; um objetivo. Nós como seres humanos, temos uma só lição na vida: seguir em frente e ter a certeza de que apesar de as vezes estar no escuro, o sol vai voltar a brilhar. '' ( Dulce Maria )

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Eu minto todo dia.

E se perguntarem se estou bem, direi que sim, mas na verdade dentro de mim estou dizendo que não, te implorando pra me salvar, o desespero está estampado dentro de meus olhos, dentro de mim.. Eu apenas não tenho mais forças para explicar o mesmo motivo de sempre de um ''não, na verdade eu não estou bem'' afinal a solução não existe.

Se torna cada vez mais difícil.

Realmente é muito estranho, pessoas estão acostumadas a se acostumar com algumas coisas com o passar do tempo, por que pra mim não pode simplesmente ser assim também? Tudo tem sempre que ser tão complicado. A cada dia que se passa, a cada minuto, se torna apenas mais difícil de aceitar, de me conformar, é eu nunca vou aceitar essa situação que estou sujeita e nem me conformar com ela pelo visto. Fica cada vez mais desesperador.
Acordar não é normal, não é tão fácil como pra outras pessoas, eu nunca quero que meus olhos se abram para que eu comece a viver, cada vez que eu levanto de minha cama é um sacrifico superado para mim, cada dia eu venço o mesmo desafio. Talvez isso aconteça porque no meu mundo dos sonhos, eu seja bem mais feliz do que no meu mundo real, e eu prefira ficar lá por tempo indeterminado, e acordar somente quando os sonhos ocuparem o meu dia-a-dia de verdade.

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Eu tenho duas realidades.

A que eu vivo, e a que eu vivo de vez em quando. Adivinha qual é que eu prefiro? A que eu vivo de vez em quando, pode demorar dias ou meses pra eu vivê-la, mas quando ela vem vivo intensamente. Já essa que eu sou obrigada a viver todo dia, se tornou minha rotina, eu já até me acostumei com ela, porque até as coisas ruins a gente se acostuma.. Mas nunca vou aceitá-la completamente. Já desisti de fazer essa primeira realidade ser boa.. Na verdade não quero mais nem que ela seja boa, porque eu não pretendo vivê-la por muito tempo, espero o dia em que ela vai acabar, então não quero me apegar demais a nada que vem dela, porque ai sim terei só uma realidade, a minha realidade.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Só de pensar em te perder por um segundo, eu sei que isso é o fim do mundo.

E a cada ''eu te amo'' que eu digo, estou tentando te mostrar tudo isso que guardo dentro do meu peito, esse sentimento que eu nunca tive, que eu não consigo explicar, ''eu te amo'' parecem apenas 3 palavras tão simples, mas que ditas por mim, pode ser em um momento bobo de brincadeira, significam tudo, falo com a intenção de que você leia em meus olhos o que isso realmente significa, querendo que alguém mais compreenda o que eu sinto além de mim, querendo passar pra você esse amor tão grande, uma coisa inédita, que eu nunca senti antes. E que por um segundo pensar em te perder, me imaginar sem você ao meu lado, eu percebo que enlouqueceria, porque esse segundo em que parei pra imaginar, é apenas um segundo que corrói meu coração, se imaginar é assim, imagine se realmente acontecesse? E quando eu te peço pra prometer que nunca vai acabar, é pra ficar uma certezinha ali que vai ser pra sempre, porque eu confio na sua palavra mais do que tudo na minha vida.. Eu sei que vai ser pra sempre, só que preciso sempre ouvir isso de você, pra aliviar um pouco essa pequena insegurança que eu sinto. Porque eu me sinto segura com você, segura como nunca me senti antes, o seu abraço me aquece.
Farei de tudo pra dar certo. Eu ia dizer ''e se não der, apenas dos bons momentos me lembrarei, olharei para o passado e verei que o amor existe'' mas desisti de escrever isso, porque já que é amor.. amor não acaba, amor apenas cresce dentro de nós. E enfim EU TE AMO! Entenda isso.

sábado, 15 de janeiro de 2011

Ei, quem é você?

Sim.. Você mesmo, que fica ai escondidinho dentro de minha cabeça. A culpa é toda sua sabia? Sempre tão discreto, sem deixar que ninguém te note, mas eu sei que você está ai dentro, não adianta se esconder de mim não... Eu o sinto aqui dentro de mim. As vezes o meu coração me engana, e penso que é nele que você mora, mas minha cabeça sabe que você está sempre dentro dela, e quanto mais eu penso em você, mas eu o sinto comigo. Você acha que é mais forte que eu? Pois saiba que não. Algumas vezes eu fraquejo, te deixando mais forte ainda, eu sei que você gosta quando eu choro, eu sei que você se sente bem quando sinto raiva, sei que você se sente bem quando estou sozinha, que começo a pensar na vida.. E ai ficamos apenas eu e você, só nesses momentos que você aparece né? Quando estou junto das pessoas que eu gosto você nem ousa em aparecer, sabe que não fraquejarei nesses bons momentos não é mesmo? Você acha isso justo? Para de se aproveitar de mim, pare de se aproveitar dos meus momentos fracos! Apesar desses tais momentos existirem, eu sei que sou bem mais forte que você. Se você não ficasse sempre tentando atormentar a minha vida, eu estaria bem melhor, você me impede de tentar muitas coisas, me impede de seguir as vezes, sabia? Eu sei que você vai ficar me atormentando ao longo do ano quando eu ficar quieta, sozinha e triste. Mas meus momentos felizes acabam com você, certo? Eu sei que sou bem mais forte que você, te supero muitas vezes, eu tenho mais poderes, sem você eu sou capaz de tudo, você não é nada perto da minha vida, não adianta nem tentar ficar martelando na minha cabeça.. ok? Quando você aparecer, eu me livrarei de você. Você não é nada perto de tudo o que eu tenho, você é apenas o medo!  Não adianta se fazer de bobo não.. Você sabe que eu estou falando de você né Senhor Medo? Você é coisa da minha cabeça, nem existe, sou bem mais forte que você.

Não leve a mal se o que eu quero é voltar. Mundo real, ainda é meu lugar.

Eu nasci, fui crescendo, aprendendo aos poucos com a vida, vivenciando coisas no meu dia-a-dia, conheci pessoas, fiz vários amigos, alguns passageiros, outros que permanecem, alguns sumiram da minha vida e do nada reapareceram criando raízes em meu coração, vivendo por toda minha vida no mesmo lugar, com as mesmas pessoas, acostumada com a mesma rotina, amadurecendo na minha adolescência, descobri alguns valores da vida, descobrindo aos poucos a minha personalidade e os meus valores, o que julgo certo e o que julgo errado, o que faz bem para mim e o que não faz. Naquele lugar eu sorri, lutei, sofri, dancei, sai, ri, amei, chorei, odiei, descobri novos sentimentos, descobri os valores de cada pessoa em minha vida. Quando de uma hora pra outra perco tudo, perco a minha rotina, eu não digo que perdi meus amigos de todos os dias, porque quando eu volto parece que nada mudou, está tudo em seu lugar, e é com esses amigos de verdade que eu dou risada e me divirto, que mesmo com a distância permaneceram ali intactos. Então após construir uma vida inteira, no lugar onde vivi, onde conheço cada canto, cada rosto, cada lugar, eu sou tirada de lá, tendo que aprender aos poucos a construir uma nova vida em um outro lugar, onde todas as pessoas passaram pelas mesmas coisas que eu, assim formando quem são, mas já tendo a sua vida, seu ciclo social, seus amigos mais especiais, mesmo conseguindo criar amizades não sendo indispensável. Por um ano eu tentei, por um ano fazer tudo ser normal, mas não, nunca será, será sempre diferente de alguma forma, porque eu já tenho parte da minha vida construída, já tenho meu modo de viver formado, isso não mudará de uma hora pra outra, nem nunca, porque essa.. essa sou eu! Acostumar é a palavra, me acostumar com o que não me satisfaz. A unica coisa que me dá algum tipo de força é saber que quando eu voltar, mesmo que por pouco tempo, todos vão estar lá, me recebendo sempre como se nada tivesse mudado, são essas pessoas que levarei pela minha vida toda. Mas não é nenhum pouco fácil, com toda certeza. Em um momento você tem uma vida, uma certeza, e quando pisca os olhos já não tem mais nada, tem apenas a incerteza ali rindo da sua cara.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Please don't leave me.

Era como um céu sem estrelas, onde não se tinha nada, quando para o céu se olhava, apenas um breu, escuridão, um vazio, e lá ao longe um pequeno brilho, uma luzinha, tão pequena tal estrela, que diferença alguma fazia na noite, era como se ela nem existisse... Mas todas as noites ao dormir, para cima se olhava e nela se reparava, mas assim os dias passavam, a vida continuava vazia e sem graça, sempre e sempre se reparando naquela unica e pequena estrela, cada vez mais, aos poucos se tornando tão importante e insubstituivel para aquele céu. Em um dia, como em um piscar de olhos, a tão falada estrela tomou conta de um céu inteiro, tudo tão rápido, assim ela chamava a minha atenção e eu passava as noites admirando-a. Agora enquanto estou longe, é como se as noites fossem dias, buscando um mínimo vestígio dela no céu, e em outras jamais e nunca mais encontrando tamanho amor, cuidado e preocupação que nela eu tenho. E meus dias junto, se transformam em noites, noites perfeitas, iluminadas e que me trazem apenas alegria. Só de pensar em perde-la por um segundo, faz com que eu me sinta responsável em afastar qualquer risco e perigo que possa fazer com que a luz dela se apague. Quero para sempre você estrela perfeita, junto de mim, apenas no meu céu.