'' Tudo o que acontece no universo tem uma razão de ser; um objetivo. Nós como seres humanos, temos uma só lição na vida: seguir em frente e ter a certeza de que apesar de as vezes estar no escuro, o sol vai voltar a brilhar. '' ( Dulce Maria )

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Você tá sempre indo e vindo, tudo bem, dessa vez eu já vesti minha armadura.

Fique sabendo que a cada vez que me despeço, faço isso com o coração na mão e o medo de essa ser a última vez, certeza é uma coisa que não existe nesse momento, apenas a incerteza de que você volte, de quando voltará, se será como as outras vezes.. Que terei que esperar por meses, até você voltar, como se nada tivesse acontecido e como se o tempo congelasse na sua partida, esperando com que você voltasse para tudo começar a ter vida novamente.. Ou então, se dessa vez, será como as de antigamente e as raras de hoje, que sua volta seja no dia seguinte, com completa alegria e certeza de ter você ali. Boa era a sensação certeira de que eu te encontraria ali, me esperando para dialogar. E quando chegar o dia em que você perca tal sensação boa em relação a mim? O dia em que você chegue e não me encontre ali te esperando, o dia em que várias vezes você terá que me procurar, até tempos depois conseguir me achar e eu estiver sorrindo, como se nada tivesse acontecido e como se sua falta eu não sentisse? Você mudaria? Sofreria? Se importaria? Ou agiria como eu, e como sempre agiu, novamente? O que pensaria? É. Talvez mude alguma coisa apenas quando eu mesma mudar e não mais por você esperar, não me importar. Ou fingir não esperar e não me importar, assim seria mais fácil.

2 comentários:

  1. gostei mto do teu blog Barbara! (=
    mto bom ein...to seguindo viiu ..
    segue tbm flor? ^^
    1beijo :**

    ResponderExcluir

Comentem se quiser, ou não.